top of page
  • Foto do escritorDiogo de Macêdo

Previdência Privada

A previdência privada é um tipo de investimento que tem como objetivo garantir uma renda complementar para o futuro, além da aposentadoria oferecida pelo INSS. Trata-se de uma opção para aqueles que desejam investir em sua aposentadoria e garantir uma maior segurança financeira no futuro.


A previdência privada é oferecida por empresas especializadas no mercado financeiro, como bancos e seguradoras. Existem duas modalidades de previdência privada: PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre).


O PGBL é indicado para quem faz a declaração do imposto de renda completa, pois permite a dedução dos valores investidos no plano no cálculo do imposto devido. Já o VGBL é indicado para quem faz a declaração simplificada ou não precisa deduzir as contribuições da base de cálculo do imposto de renda.


Os planos de previdência privada funcionam de forma semelhante a um fundo de investimento, em que os recursos são aplicados em diferentes tipos de investimentos, como títulos públicos, ações, fundos imobiliários, entre outros. A rentabilidade da previdência privada é baseada nos resultados desses investimentos.


Uma das principais vantagens da previdência privada é a possibilidade de escolher o perfil de investimento que melhor se adequa às suas necessidades e objetivos financeiros. É possível escolher entre planos mais conservadores, que oferecem uma rentabilidade mais baixa, mas com menor risco, ou planos mais arrojados, que oferecem rentabilidades mais elevadas, mas com maior risco.


Outra vantagem é a possibilidade de resgate do valor investido em caso de necessidade, desde que respeitado o prazo de carência estabelecido no contrato. Além disso, em caso de falecimento do titular do plano, a previdência privada pode ser deixada como herança aos beneficiários indicados no contrato, sem a necessidade de passar pelo processo de inventário.


Porém, é importante ressaltar que a previdência privada pode apresentar custos e taxas mais elevadas do que outros tipos de investimentos, como os fundos de investimento. Por isso, é fundamental estar atento às condições e características do plano escolhido, além de avaliar se essa modalidade de investimento realmente atende às suas necessidades e objetivos financeiros a longo prazo.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page